Inbound Marketing x Outbound Marketing

Mesmo que você não esteja familiarizado com estes termos, uma coisa você já deveter percebido: as eficácia das técnicas de marketing mudam com o passar dos anos. À medida que surgem novas plataformas as pessoas se moldam a elas e isso também é capaz de mudar a forma como estas pessoas percebem (ou não percebem – leia sobre Cegueira de Anúncios) suas mensagens de marketing.

A diferença está no processo de aquisição de Leads

Todo negócio precisa de Leads (prospectos, pessoas que se cadastram em seu autoresponder, no seu site, etc) e depois de estruturar toda a operação do seu negócio a sua principal atividade será alimentar o funil de vendas com leads e mais leads e então começar a medir cada passo do funil para encontrar pontos de melhoria.

A grande diferença entre o Outbound Marketing e o Inbound Marketing está justamente na estratégia usada para alimentar o funil de vendas. No Outbound Marketing o marketeiro envia sua mensagem, muitas vezes de forma intrusiva, o mais longe que conseguir e assim espera “atingir” alguém que se tornará um Lead. Por exemplo, anunciar na TV, comprar listas de e-mails e telemarketing são algumas formas de outbound marketing. Não me entenda mal, outbound marketing funciona, no entanto a cada dia ele se torna menos eficaz e conseqüentemente seu custo/lead fica mais alto.

No Inbound Marketing ao invés de disparar mensagens e torcer para que elas atinjam alguém para se tornar lead, o marketeiro faz o oposto.

No Inbound Marketing você irá alimentar seu funil de vendas criando formas das pessoas te encontrarem na internet. Ao invés de correr atrás das pessoas, você quer que elas te encontrem e venham até você. Isto pode ser feito de diversas formas, como por exemplo manter um Blog sobre o nicho em que você atua. Redes sociais também ajudam bastante nesta estratégia, desde que você seja ativo, se envolva, participe da comunidade do seu nicho.

Outras medidas interessantes são a participação em outros blogs com comentários relevantes e a produção de artigos em diretórios de artigos. Para completar, produzir vídeos dedicados ao seu nicho também o ajudará a ser encontrado.

E você, qual tática tem usado mais? Inbound, ou Outbound? Qual tem sido sua experiência? Deixe um comentário e enriqueça a discussão :)

 

5 Melhores Temas Premium Para o Site da Sua Empresa

5 Melhores Temas WordPress (Premium) Para o Site da Sua Empresa, Custando Apenas $59

Uma das coisas mais importantes para uma presença online eficaz, é um site com design focado na experiência do usuário, um site “bonito” de se ver. Com isso, gostaria de perguntar: Como está o site da sua empresa? Está feliz com ele?

Como disse em outro artigo (veja neste link), toda empresa deve produzir conteúdo relevante para seus usuários, para torna-los cliente fiéis e construir autoridade para sua marca. Tanto na criação do blog, quanto para o próprio site, a empresa pode utilizar a plataforma WordPress, que hoje é, sem dúvidas, uma das melhores plataformas de gerenciamento de conteúdo, utilizada, também para administrar sites corporativos, além de proporcionar total gestão e controle do site.

Se você não está contente com o site da sua empresa hoje, gostaria de te apresentar os 5 Melhores Temas Premium Para o Site da Sua Empresa. E você pode estar pensando que eu vou te vender algo, ou coisa do tipo, mas na verdade não. Quero te apresentar os temas (prontos) mais vendidos nos EUA, através do site Themeforest.net, e esses temas custam somente $59, além de todos os benefícios inclusos. O melhor de tudo: Você não precisa saber programação, a plataforma faz tudo para você.

Tema 1

O primeiro tema é o tema Avada Responsive Multi-Purpose Theme.

avada-tema-premium

Este tema, possui layouts para diversos tipos de site, tipos de negócio, os principais são: Fotografia, Loja Virtual, Academias, Moda, Agências, Construção, Hotéis, dentre vários outros. Quer ver na prática como eles são? Clique aqui.

Dentro deste tema, existe um modelo de blog para incluir em seu site.

Página de Venda: Avada Responsive Multi-Purpose Theme ($59).

Tema 2

Este tema se chama Enfold – Responsive Multi-Purpose Theme.

enfold-tema-premium

Como no tema anterior, este possui modelos para diversos ramos empresariais, podendo adaptar completamente ao seu negócio, basta usar a criatividade. Modelo totalmente responsivo (adaptável para dispositivos mobile). Demo: Clique aqui.

Página de Venda: Enfold – Responsive Multi-Purpose Theme ($59).

Tema 3

Nome: Jupiter – Multi-Purpose Responsive Theme.

jupter-tema-premium

Tema também responsivo, para diversos tipos de empresa (inclusive a sua), layout diferenciado (mais de 70 modelos de site). Diversos modelos de cabeçalhos para o site. Veja na prática: Clique aqui.

Página de Venda: Jupiter – Multi-Purpose Responsive Theme ($59).

Tema 4

Tema uDesign – Responsive WordPress Theme.

udesign-tema-premium

Seguindo os padrões dos temas anteriores, este possui um layout diferenciado, porém um único layout com variações do mesmo. Não deixa de ser uma ótima opção, veja como ele é: Clique aqui.

Página de Venda: uDesign – Responsive WordPress Theme ($59).

Tema 5

Nome: The7 — Responsive Multi-Purpose WordPress Theme.

the7-tema-premium

Este tema também deve estar entre os 5 temas corporativos mais vendidos ao redor do mundo. Possui diversas opções de layout, possui o plugin Visual Composer, um criador de página (sem usar programação), dentre outras qualidades. Clique e veja a demonstração.

Página de Venda: The7 — Responsive Multi-Purpose WordPress Theme ($59).

Espero que tenha gostado do artigo, em breve terá mais novidades!

Até mais!

Os Melhores Plugins para WordPress

Os Melhores Plugins para WordPress

Se você tem um blog corporativo, ou até mesmo pessoal onde compartilha suas experiências, passa conteúdo relevante para as pessoas, acredito que utilize o WordPress para gerenciar todo este conteúdo. Caso não saiba como ele funciona clique neste link.

Esta é uma das ferramentas mais profissionais do mercado, utilizada por grandes empresas inclusive. Totalmente gratuito e, ainda mais, é uma ferramenta que lhe proporciona total gestão.

O WordPress proporciona a inclusão de plugins que facilitam nossa vida para toda e qualquer função, sem limite para isso. Mas tome cuidado, pois lotar seu blog com esses facilitadores pode sobrecarregar seu site e torna-lo lento, causar conflitos, dentre outras coisas. Os plug-ins essenciais para um blog WordPress são:

Askimet

Ele verifica os comentários que foram postados em seu blog, fazendo um filtro contra os SPAM’s, algo que atormenta muitos blogueiros. Este plugin possui uma versão gratuita, o que o torna ainda mais atrativo.

Contact Form 7

Este plugin facilita a vida na criação de formulários de contato para o site, de forma prática e fácil.

W3 Total Cache

Um dos melhores plugins para melhorar o carregamento de página do seu site, aproveitando o cache dos navegadores para torna-lo leve para os usuários, além de otimizar seus arquivos .css, .js, e outras funcionalidades. Este é obrigatório para qualquer blog.

SEO By Yoast

Você deseja otimizar a indexação do seu site nos mecanismos de busca? Então este é o melhor plugin para isso, te ajudando para ter uma otimização SEO de todos os arquivos do seu site.

Smush.it

Otimize todas as imagens que vão para seu site. Este plugin faz esse trabalho de forma prática e objetiva.

Pretty Link

Caso você trabalhe com produtos afiliados, por exemplo da Hotmart, você pode mascarar seus links para torna-los mais atrativos aos usuários.

Espero que tenha gostado! Até mais.

Criando uma Presença Online Efetiva

Criando uma Presença Online Efetiva

Caro leitor, hoje iremos falar sobre o processo de construção de presença online para o seu negócio, seja ele produto digital, produto físico ou serviços.

Como sua empresa se comporta na internet hoje? Tem site e redes sociais? Já possui vendas através do site? Consegue captar e-mails? Caso ainda não possa responder afirmativamente todas as perguntas, não se preocupe, pois, iremos te ajudar.

Temos visto uma quantidade enorme de sites, blogs, conteúdos voltados ao marketing digital, com diversos termos técnicos e coisas que só confundem as pessoas, pois talvez este não seja o ramo de atuação delas. Com isso, gostaria de fazer uma pergunta: Qual deles fala diretamente com você? E ainda mais, qual deles fala de VENDAS?

Caso ainda não tenha encontrado um lugar que falasse sua língua e que pudesse te ajudar, sugiro que pegue o papel e caneta para acompanhar cada artigo deste blog.

Hoje iremos te ajudar a:

  • Entender como funciona o comportamento do usuário na internet;
  • Identificar seu público alvo e persona (cliente ideal);
  • Produção de conteúdo e sua importância;
  • Fatores para ter um site de resultados;
  • Presença nas redes sociais.

Como funciona o comportamento das pessoas na internet: Algo simples, mas que nunca prestamos atenção

Já parou para pensar como as pessoas consomem internet? Muitas vezes procuramos informações em lugares que nem conhecemos, sendo que basta olhar ao nosso redor para identificar soluções.

Existem 4 tópicos que são coisas que as pessoas fazem todos os dias:

  • Acessar o Google para realizar pesquisas diversas;
  • Consumir conteúdo em blogs, portais (inclusive você está fazendo isso! Rs);
  • Acessar a caixa de e-mails;
  • Acompanhar as redes sociais, seja ela qual for.

Simples, objetivo. É isso que a maioria das pessoas fazem hoje, inclusive seus potenciais clientes.

Todos os dias, as pessoas fazem buscas, leem artigos e assistem vídeos, leem os e-mails e compartilham coisas nas redes sociais. Sua empresa está presente nestes meios? Atente-se manter-se ativo em cada um desses tópicos.

Público Alvo e Persona: Saiba exatamente com quem está falando e você terá muitos resultados

Você deve estar pensando que esse tema pode ser mais um clichê do que vemos por aí, mas na verdade quero fazê-lo entender que este é o ponto inicial para qualquer trabalho, seja online ou off-line.

Não tente vender gelo para esquimó, mas sim, água no deserto.

Faça um resumo simples, mas busque informações reais:

  • Qual a faixa etária do seu público?
  • Em que região moram?
  • São homens ou mulheres?
  • Qual sua classe social?

Se comprometa a levantar esses dados e isso lhe ajudará a falar de forma efetiva. Afinal, a linguagem utilizada com homens, não é a mesma com mulheres, e o mesmo se aplica em todos os outros tópicos.

Identifique também sua persona, isso quer dizer que deve criar perfis de “cliente ideal”.

Para que serve isso? Serve para identificar as dores do seu público, de forma muito mais segmentada, é como se tirasse uma fatia do seu público alvo predominante e buscasse entender quais são suas motivações; o que os levam para adquirir seu produto ou serviço; o que os impede de adquiri-lo também; etc.

Produção de Conteúdo: Sabendo exatamente com quem irá falar, agora você deve simplesmente falar

Muitas empresas nem chegam a este ponto, mesmo tendo identificado seu público alvo, ainda não criam uma ponte para iniciar uma comunicação eficaz, e o blog é uma das melhores formas de se fazer isso.

Quando se faz uma busca no Google, é possível identificar dois tipos de anúncios: pagos e gratuitos (só para exemplificar).

pesquisa-seo-gestalk

Os anúncios pagos, são termos comprados por empresas para estarem no topo das pesquisas, que ocorre através de um leilão. A ferramenta que utilizam para isso é o Google Adwords.

google-adwords-presença-online

O outro tipo é o gratuito, são sites que, através de uma otimização (chamada SEO, que na tradução chamamos de Otimização para Mecanismos de Busca) que fazem com o que o site fique bem posicionado, e apareça nas primeiras posições, sem precisar de um investimento. Com isso, faço uma pergunta: Quando você pesquisa, tende a clicar mais em anúncios pagos ou nas publicações que não são patrocinadas?

Com o blog, você consegue levar conteúdo de altíssima relevância para seu cliente, e fazer com que ele te encontre nas primeiras posições. Mesmo que ele não te conheça e não busque pelo nome do seu negócio, ele irá procurar por soluções, e você estará lá.

Como ter um site agradável e que gere resultados: Principais fatores para que isso aconteça

Seu site é o seu cartão de visita, portanto é onde tudo vai “acontecer”. E os principais fatores para um bom site são:

  • Carregamento de Página;
  • Site adaptável para dispositivos móveis (responsivo);
  • Design focado na experiência e usabilidade para o usuário
  • Integrações com as redes sociais;

Esta parte, cabe ao seu design ou desenvolvedor cuidar, pois um site lento não atrai, somente espanta os visitantes. A questão mobile hoje é imprescindível para que um site ganhe credibilidade, portanto seu site deve estar compatível com qualquer tipo de usuário em qualquer situação.

Seu layout deve estar de acordo com seu público, cores, disposição das informações no site, pois tudo isso influencia num bom resultado. Você possui chamadas para ação (Call-to-Action) em seu site? Conduza o visitante para onde você planeja, pense em sua visita desde o acesso até o fechamento (possível venda). Chamamos isso de atendimento, feito de forma pensada.

Integre seu site com as redes sociais, pois estes irão gerar um bom tráfego.

Presença nas Redes Sociais: Use-as ao seu favor

Sua empresa está ativa nas redes sociais? Não necessariamente precisa ser em todas, mas onde seu público está presente. A principal rede social hoje é o Facebook, o Instagram também é uma ótima ferramenta. Independentemente da mídia que usar, o importante é utilizar uma estratégia eficaz, além de manter sempre atualizado e gerando “engajamento” com seu público, saber se o produto ou serviço é bom, se pode melhorar, etc.

Espero que tenha gostado do conteúdo, compartilhe!